Por: Ricardo Daniel Treis | 3 anos atrás

Das bênçãos da influência germânica em nosso dia-a-dia, temos aqui colocado esse hábito deliciosamente obrigatório de, quando possível, dar um break no meio da tarde pra um cafezinho.

É o “frühstück” na veia, que não só beneficia com abençoada dose de cafeína, mas também com um respiro da loucura das demandas profissionais e consequentes ansiedades… A boa é que “Parei pra um café, gente!”, é sinal de folga que ninguém contesta, tipo um free pass do expediente. 🙂

Agora pega isso, mais o dia que faz lá fora:

chuvajgs

Como não amar um bom café? Eu CASARIA com um hoje, ueuaheuahea.

LISTINHA
Pois então, pensando em contribuir com futuros momentos de vocês taqui outra lista das boas, onde dessa vez pegamos as recomendações dos baristas de cinco points bacanas indicando uma boa pedida nos respectivos estabelecimentos. Confere, seguem por ordem alfabética:

– Na Du Chocolat
duchocUm cantinho tranquilo e super aconchegante pra se afundar numa xícara, a Du Chocolat não é só um lugar pra fazer a pausa do café, mas também um lugar para debutar experiências sensoriais que você não imaginava pudesse ter. Em resumo, é festa pro paladar, seja lá o que você pedir.

Quem comanda a cozinha é a doida da Bebel, que recomenda um combinado inebriante: capuccino italiano + creme brulee com Nutella e morango (!!!). Dá pra recusar?

Capuccino italiano: gotas de chocolate belga, pó de cacau, café espresso e leite vaporizado

Capuccino italiano: gotas de chocolate belga, pó de cacau, café espresso e leite vaporizado

—–

– Na Gelateria Maggioni
maggioni01
A Maggioni foi uma das boas surpresas que tive em Jaraguá ano passado… Com forte influência italiana na administração, a Maggioni transpira a conhecida paixão daquele país por boa gastronomia. Conheci o estabelecimento e os proprietários quando ficava ali na Vila Lenzi, um cantinho gostoso que fez fama por seu sorvete extraordinário.

Hoje a Maggioni respira com mais amplitude, já que adotou como endereço o antigo ponto do Pérola Café, ali na Walter Marquardt. Com mais espaço puderam oferecer mais opções, então eis que a pequena sorveteria é hoje também um café, pronto para receber qualquer um com apetite por um lanche.

A sugestão da casa vem com corpo, um denso moka + torta banoffee, cujos ingredientes são banana, doce de leite e canela.

moka

Moka: café, leite espumante, chocolate quente e chantily

Entendedores reconhecerão, o café vendido na casa é da marca Freddo.

—–

– Na Grafipel
grafipelO cybercafé da Grafipel é ponto de fuga ímpar, já que abusa literalmente da combinação “um bom café + um bom livro”. Às vezes dou preferência ir lá de mãos vazias pra degustar também alguma coisa das prateleiras, dando uma chance para livros que nunca ouvi falar ou aqueles que despertam paixão à primeira vista.

A recomendação da casa quem faz não é o barista, mas sim a própria clientela: o cappuccino da Grafipel tem fama na cidade, tamanha que passou a ser considerado uma das especialidades da livraria.

capuccino

“Nosso capuccino é super cremoso, faz parte do ritual pós-almoço de diversos clientes”

Pra acompanhar ou fazer lanchinho à parte, a dica é um dos paninos feitos com pão de queijo ou uma das tortas especiais do point (veja essa uma de mousse de chocolate amargo), onde quem coordena a produção é ninguém menos que a avó do Marcelo. =]

—–

– No Zabú Café e Açaí
zabu02

Point bem colocado aqui no centro da cidade, oferece mesas largas para boas conversas entre amigos ou também uma prateleira com diversos livros para acompanhar o café de quem chegou sozinho. 🙂

A vitrine tá sempre recheada com capricho, quem dá a recomendação de degustação é o proprietário, Mr. Álvaro: peça por um Hario filtrado acompanhado de um ciabatta quentinho de peito de perú, a combinação é imbatível.

Hario: café 100% arábica, moído na hora, filtrado no Hario V60, preparado na mesa, bem a frente do cliente

Hario: café 100% arábica, moído na hora, filtrado no Hario V60, preparado na mesa – Crédito da imagem: Meliess Fotografia

Sugestão minha pra quem prefere um doce, o bolo de cenoura deles é bom demais, já o de frutas vermelhas é pedida obrigatória.

—–

E ai, quer agora compartilhar conosco seu café ou point favorito, a caixa está aberta! Vamos divulgar as coisas boas que temos aqui na região…

Nada como valorizar quem faz bem feito, certo?