Por: Ricardo Daniel Treis | 2 anos atrás

A árvore que caiu agora foi a que ficava defronte a lanchonte Veneza. Confiram a captura em vídeo:

O temporal que atingiu Jaraguá do Sul alagou ruas, derrubou árvores e causou transtornos em vários pontos da cidade. Confira a matéria completa na edição de hoje do #JornaldoMeioDia.

Posted by Meio Dia Joinville on Segunda, 28 de dezembro de 2015

Para quem não conseguiu se situar, o ponto é este:
arvore_veneza

Abaixo, a nota emitida pela Defesa Civil, compartilhada pelo prefeito Dieter Janssen:

A Secretaria da Defesa Civil de Jaraguá do Sul atendeu cerca de 35 ocorrências ocasionadas por causa do temporal do fim da tarde de domingo (27) na cidade. A maioria das ocorrências foram relacionadas a alagamentos de ruas e casas, deslizamentos de terra, queda de muros e de dois pontilhões no interior. Cerca de 10 árvores caíram ou foram arremessadas pelo vento em ruas e na rede elétrica ocasionando a falta de energia em cerca de 3.400 unidades consumidoras. Segundo a Celesc, hoje pelo menos 500 casas ainda estão sem energia em alguns pontos do município. Os bairros mais atingidos pelo temporal foram Ilha da Figueira, Centro, Czerniewicz, Ribeirão Cavalo, Nereu Ramos, Ribeirão Grande do Norte e Três Rios do Norte.

As secretarias de Defesa Civil e Obras estão mobilizadas desde ontem e durante esta segunda-feira (28) para atender a população e limpar ruas, além de realizar a retirada de árvores das ruas e outros locais. Uma das árvores que deve ser removida é a que caiu no calçadão próxima de uma das lojas daquela via.

Por causa das fortes chuvas, várias tubulações de abastecimento de água foram danificados em bairros de Jaraguá. O Samae está com as equipes nas ruas para realizar os reparos necessários, por isso está sendo solicitado à população que economize água até que o serviço seja totalmente restabelecido.

Segundo o secretário de Defesa Civil, Leocádio Neves e Silva, o volume de chuva que caiu no fim da tarde e começo da noite de ontem chegou a 75 milímetros. O volume excessivo aliado ao vento forte é que ocasionaram estragos na cidade. O número de atendimento de plantão da Defesa Civil é o 199.