Por: João Marcos | 5 anos atrás

Deputado estadual, Carlos Chiodini, líder da bancada do PMDB na Assembleia, vai apresentar aos correligionários, hoje, proposta que termina com recesso de 15 dias do Legislativo catarinense no mês de julho.

Além disso, o deputado defende que as férias de verão comecem a contar a partir do dia em que os deputados efetivamente param de trabalhar. “Hoje, os trabalhos encerram lá pelo dia 15 ou 20 de dezembro, mas as férias só começam a ser contadas somente no dia 31 de dezembro e daí vão até o dia 31 de janeiro do ano seguinte. Temos que mudar isso e igualar a nossa situação a do trabalhador comum”, diz o jaraguaense, que em seguida deve levar a proposta para ser debatida com o presidente Joarez Ponticelli (PP).

Via OCP Online