Por: João Marcos | 5 anos atrás

Vocês sabem que a Schincariol foi comprada por um empresa japonesa certo? É a Kirin Holdings Company, que aqui no Brasil responde por Brasil Kirin.

Eles tem uma cerveja muito popular no Japão, a Kirin Frozen. Uma cerveja que ao invés de ter uma formação de espuma comum, utiliza uma máquina como essas de iogurte para adicionar ao topo da bebida uma espuma congelada, com temperatura aproximada de -5ºC. Os amantes mais puristas da bebida realmente vão se chocar com uma alteração na carbonatação com essa. Mas a vantagem é que a empresa garante uma cerveja gelada por até 30 minutos, em ambientes com temperatura de até 40ºC. 

Para não alterar o sabor, os produtores da cerveja garantem que não há adição nem de água, e nem de gelo na espuma/cobertura.

Explicando mais um pouco o que acontece, a espuma faz uma espécie de tampão térmico na cerveja, impedindo que ela troque calor com o ar fora do copo, e forçando a troca de calor com a própria espuma, garantindo assim que ela tenha sempre como continuar trocando calor com uma substância mais fria do que a própria cerveja, garantindo o líquido bem gelado por muito mais tempo do que o normal.

E apesar de muita gente torcer o nariz para uma cerveja com espuma “artificial”, a cerveja tem vendido como “água” nos estádios de baseball do japão – maaaaaas será que emplaca por aqui? Vamos aguardar.