Por: Sistema Por Acaso | 3 anos atrás
O Centro Cirúrgico do Hospital Santo Antônio, em Guaramirim, foi reativado ontem com a realização de cinco cirurgias. A reabertura ocorreu após um ano de a estrutura ficar sem funcionamento. A unidade promete realizar 120 procedimentos de pequena e média complexidade por mês.

Ontem, cinco pacientes participaram dos primeiros procedimentos após a reabertura. Quatro cirurgias foram para retirada de hérnia de disco e uma de exérese de pele (retirada de lesão).

centro-c-1024x682

A reabertura vai custar mais R$ 60 mil por mês aos cofres públicos. Atualmente, a Prefeitura aplica aproximadamente R$ 700 mil na unidade. Os repasses do SUS (Sistema Único de Saúde) giram em torno de R$ 120 mil ao mês. O centro cirúrgico estava fechado desde janeiro de 2014, quando o governo rompeu o contrato com a Fundação São Camilo, que administrava o hospital, e assumiu a gestão.

De acordo com o prefeito Lauro Fröhlich, o próximo passo será reformular o Plano Diretor do hospital para captar recursos. “Não temos prazo, mas vamos lançar a licitação e o plano diretor dará vida ao hospital. Assim, poderemos buscar ajuda de recursos para outros atendimentos”, destacou. A intenção é formar, também, um conselho deliberativo para auxiliar na gestão.

O centro cirúrgico tem três salas para os procedimentos, mas a capacidade é para usar duas. Para cada cirurgia, é necessária uma equipe de cinco profissionais. Também foram reativados 10 leitos da clínica cirúrgica. O Hospital Santo Antonio tem 54 leitos e 105 funcionários.

Leia mais na reportagem do OCP Online.