Por: Anderson Kreutzfeldt | 23/01/2014

94b272c15f4d51915f95b256147ef50a

A Celesc divulgou nesta quarta-feira (22) que houve um recorde de demanda de energia em Santa Catarina na terça (21). Às 15h deste dia, o sistema elétrico registrou 4.358 MW. O recorde anterior havia sido de 4.132 MW, em 21 de fevereiro de 2013. A expectativa é que a demanda tenha sido ainda maior nesta quarta-feira (22), mas somente nesta quinta (23) a Celesc deve anunciar o número.

Demanda por energia é a quantidade de energia necessária para suprir a necessidade de consumo em um determinado momento. Segundo a Celesc, as altas temperaturas foram a causa principal para o pico registrado. A demanda foi necessária para abastecer cerca de 2,6 milhões unidades consumidoras. A empresa cobre 93% do território catarinense.
Conforme a Celesc, o principal responsável pelos recordes de demanda no verão é a utilização de ar-condicionado. Historicamente, as demandas máximas ocorriam em março, quando as temperaturas ainda estavam altas e a produção industrial voltava mais forte após o período de férias de verão.

Porém, atualmente, o número de aparelhos de ar-condicionado cresceu tanto nas residências e estabelecimentos comerciais que a demanda máxima ocorre quando há altas temperaturas. Isso geralmente é registrado nos meses de dezembro a março. Mesmo com esses picos de demanda, a Celesc informou que tem capacidade para suprí-los e não há risco de falta de luz por esse motivo.

via G1