Por: Misael Freitas | 23/08/2017

Após quarenta anos de trabalho, Sandra Meyer, de Florianópolis, e Diana Gilardenghi, de Buenos Aires, se encontram para inventar e se reinventar na dança, para descobrirem o que ainda resiste e “re-existe” ao permitir que seus modos de criar se alterem nas relações de uma com a outra e com contextos que envolvem o local em que viveram e vivem.

Nessa ação, se entrelaçam trajetória pessoal, contexto social e história da dança em composições que emergem de cada encontro entre as artistas. Gesto e fala transitam de um corpo a outro, traçam temporalidades e deixam a ver vestígios de experiências passadas que irrompem o presente.

Após a apresentação, haverá um bate-papo com o grupo, sobre os modos de composição e coreografia a partir de elementos da história pessoal e história da dança brasileira e argentina.

A apresentação é gratuita e acontece no Teatro do Sesc em Jaraguá, que fica na Rua Jorge Czerniewicz, nº 633. Para mais informações ligue no (47) 3275-7800.