Por: Misael Freitas | 30/03/2017

A Vigilância Sanitária de Jaraguá do Sul divulgou a lista das empresas que terão seus produtos recolhidos de mercados, supermercados e outros estabelecimentos comerciais do município. O recolhimento se deve às irregularidades denunciadas pela operação “Carne Fraca” da polícia federal.

Os produtos, como linguiças, mortadelas e salames, das seguintes empresas serão retirados de circulação em Jaraguá do Sul e em todo território nacional:

  • Transmeat logística transportes e serviços Ltda de Balsa Nova/PR;
  • Frigorífico Souza Ramos Ltda de Colombo/PR;
  • Peccin Agro Industrial de Curitiba/PR e Jaraguá do Sul/SC;

Os proprietários de mercados, supermercados e outros estabelecimentos devem observar suas áreas de vendas e estoque para verificar a existência dos produtos destas empresas. Caso algo seja encontrado, o item deve ser retirado da área de vendas e os distribuidores ou frigoríficos citados precisam ser acionados para realizar o recolhimento.

Os fiscais da Vigilância Sanitária de Jaraguá estão realizando vistorias para identificar e interditar cautelarmente os produtos, porém, eles não serão inutilizados pelos fiscais uma vez que o Ministério da Agricultura exige que os frigoríficos façam o recolhimento.

O estabelecimento que possui algum produto destas três empresas não será interditado ou penalizado pela Vigilância Sanitária.