Por: Ricardo Daniel Treis | 6 anos atrás

Fujam para as montanhas!

“Com o sucesso ‘Ai se eu te pego’ o cantor Michel Teló traduz os valores da cultura popular para os brasileiros de todas as classes”. Redação forçada, rançosa, combina bem com o sorriso do seboso da foto.

Lá no Literatortura tem uma dissecação bem interessante, vai o pedaço com as palavras que tinha na ponta da língua pra comentar:

(…)Não é ser pseudo-intelectual, pseudo-crítico, pseudo-ôcaralho. É a vergonha que sinto por ver uma das maiores revistas nacionais com uma capa dessas. E vou expor meus argumentos. Não faria vocês perderem tempo apenas lendo um hater.

“traduz o valor da cultura popular para todas as classes” disse Época.

Aqui vai a música:

Nossa, nossa

Assim você me mata

Ai se eu te pego, ai ai se eu te pego

Delícia, delícia

Assim você me mata

Ai se eu te pego, ai ai se eu te pego

Sábado na balada

A galera começou a dançar

E passou a menina mais linda

Tomei coragem e comecei a falar

(O resto é repetição.)

1) Vocês podem ver. É nítido. Não vejo representação de cultura popular nenhuma. Fala-se de uma balada, de um cara idiota que repete “assim você me mata”. Típica cantada canastrona, mas sem graça, porque não está dentro de um filme pastelão.

2) A cultura popular brasileira é riquíssima. Os grandes mestres detém dificuldade em sintetizá-la em apenas uma música, em um livro, em uma poesia. Expliquem-me como um cantor de sertanejo universitário conseguiria em 10 versos? Lembrando que alguns desses versos são apenas palavras repetidas.

O restante vocês podem ler aqui, ó.