Por: Tita Pretti | 4 anos atrás

Programada para iniciar em 27 de abril, a Campanha de Vacinação contra a Gripe foi adiada para esta segunda-feira, dia 4 de maio. A Secretaria da Saúde de Jaraguá do Sul não informou qual a data de término da campanha.

A campanha será realizada nos postos de saúde do município. Vale ressaltar que na campanha deste ano, será obrigatória a a apresentação da carteirinha de vacinação. Para que mais pessoas tenham a oportunidade aderir à iniciativa preventiva, ocorre no dia 9 de maio (sábado) o Dia D, com vacinação das 8h às 17h.

Com a proximidade do inverno aumentam os casos de infecções causadoras de doenças respiratórias. E para prevenir o aumento dos casos dessas doenças, a Secretaria de Saúde Jaraguá do Sul pretende vacinar cerca de 31 mil pessoas do considerado público-alvo.

Em 2014, 56 pessoas que foram internadas nos hospitais do município com Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag). Desse total, foram confirmadas com influenza 14 pessoas, sendo que uma pessoa morreu. Este ano, foram internadas seis pessoas com o sintoma da síndrome nos hospitais da cidade, sendo que apenas um caso foi confirmado com influenza.

De acordo com o diretor de Vigilância em Saúde Dalton Fernando Fischer o recomendação é de que as pessoas continuem usando o álcool gel para higienizar as mãos, além de lavar as mãos com água e sabão várias vezes ao dia. Outra recomendação é manter arejados o ambiente de trabalho, as salas de aula, de lazer e a casa. Quando tossir, se deve cobrir a boca e o nariz com um lenço ou com o antebraço.

Ao apresentar sintomas de gripe, como febre, tosse, dor de garganta ou no corpo e falta de ar, procure seu médico ou uma Unidade de Saúde mais próxima de sua residência; e evite locais com grande concentração de pessoas.

vacina

Quem pode receber a vacina na Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe:

– gestantes em qualquer fase da gravidez,

– puérperas (até 45 dias após o parto),

– pessoas acima de 60 anos de idade,

– trabalhadores da área da saúde,

– crianças de seis meses a menor de cinco anos,

– portadores de doenças crônicas,

– presos e funcionários do sistema prisional

Mais informações, ligue no (47) 2106-8411.