Por: Gabrielle Figueiredo | 11/08/2015

Segue artigo publicado no site da Rádio Jaraguá

A 36ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite inicia no próximo sábado, dia 15, e segue até o dia 31 de agosto. A meta é deixar mais de 12 milhões de crianças protegidas contra a paralisia infantil no Brasil

Neste período, também acontece a Campanha de Nacional de Multivacinação. A ação é uma oportunidade dos pais ou responsáveis atualizarem a caderneta de vacinação das crianças.

vacinação polio

Foto: Divulgação

O grupo alvo na campanha contra a poliomielite são as crianças de seis meses a menores de cinco anos. Em Santa Catarina mais de 379 mil crianças fazem parte do público alvo e a meta mínima é 95% de cobertura vacinal em cada município, corresponde em mais de 360 mil doses aplicadas. Na regional de Jaraguá do Sul, a meta é vacinar 14,4 mil crianças.

Neste sábado, dia 15, acontece o dia “D” com os postos abertos das 8h às 17h. Em Guaramirim, por exemplo, sete unidades estarão atendendo, sendo, a unidade do centro, Avaí, Corticeira, Caixa D’Água, São Pedro, Rio Branco e Imigrante. Mais de três mil crianças devem ser imunizadas no município.

Em Schroeder, mais de mil crianças devem ser imunizadas e apenas o Posto do bairro Rio Hern estará fechado no sábado, já que, não possui sala de vacina. Nas demais unidades, o atendimento acontecerá das 8h às 17h, sem fechar para o almoço. Para os moradores do bairro Rio Hern a Secretaria de Saúde ressalta que na semana no dia 17 ao dia 21 a vacina estará disponível na unidade.

Em Corupá, aproximadamente mil crianças fazem parte do público alvo e no sábado, apenas a Unidade Básica de Saúde do centro estará atendendo, das 8h às 17h sem fechar para o almoço.

Em Jaraguá do Sul e Massaranduba, os postos com sala de vacina estarão atendendo das 8h às 17h.

A Poliomielite é uma doença viral que pode afetar os nervos e levar à paralisia parcial ou total. Apesar de também ser chamada de paralisia infantil, a doença pode afetar tanto crianças quanto adultos. A doença foi praticamente erradicada em países industrializados com a vacinação de crianças, inclusive no Brasil.

De acordo com o Ministério da Saúde, o último caso de poliomielite registrado no Brasil aconteceu em 1989. Atualmente, a cobertura vacinal brasileira contra pólio é acima dos 95% – considerada um exemplo para o restante do mundo.