Por: Ricardo Daniel Treis | 9 anos atrás

Segue texto do Avante Esportes comentando o jogo de ontem. Clica no link para acesso ao vídeo com os gols.


Baile ao som de Viola

O Brusque veio bailar no João Marcatto. Convidou o Juventus, que aceitou e foi uma ótima dama de companhia. Ao som de Viola, os comandados de Suca passearam em campo marcando 5 a 0 com extrema facilidade. Edson Belmonte vai ter MUITO trabalho para acertar esta equipe.

O Juventus foi à campo com André; Iuri, Thuram, Ricardo e Vanderson, Carlos Saa, Cristiano, Amaral e Luiz Miguel; Julio Cesar e Ramon. Destes, apenas André efetivamente entrou em campo e honrou a camisa. Desanimado e cabisbaixo, o interino Roberto Guastali não via a hora da partida acabar.

O Brusque foi de Fabiano, Cris, Rogélio e Marcelo; Rogério Souza, Pereira, Daril, Têti e Dênio; Viola e Lourival. Aos 23min Viola marcou o seu primeiro gol com a camisa do Brusque. Aos 38min, o bom e velho Pereira marcou o segundo dos visitantes. No segundo tempo, o Brusque ampliou com dois gols de Rogério Souza, aos 5 e aos 29min. Aos 35min, Lourival, o ex-atacante do Juventus, fechou o placar.

Difícil falar da vergonhosa atuação do Juventus nesta tarde. Como lições, o Clube precisa urgente de um camisa 10, Fábio Pará não deve ser banco, André precisa ganhar aumento e Ramon tem razão em sua irritação. Resta agora juntar os cacos, cobrar uma posição do parceiro – afinal os atletas são dele – e resgatar a confiança da torcida com bons jogos.

Na próxima quarta-feira, 20h30, o Juventus enfrenta a ferida Chapecoense, na Arena Condá. Seja o que Deus quiser!