Por: Ricardo Daniel Treis | 6 anos atrás

O Jaraguá Breakers venceu os dois confrontos que disputou até agora no Torneio Touchdown. Bateu o Curitiba Predadores, por 36 a 12, e o Ribeirão Preto Challengers, por 16 a 9. Até aí, tudo dentro do planejado. Mas uma pedra no sapato da equipe são as viagens para fora do Estado.

Por causa da falta de patrocínio, o confronto contra o Vasco da Gama Patriotas, no sábado, dia 1º de outubro, corre o risco de não ocorrer.

O custo da viagem até o Rio de Janeiro é de R$ 10 mil e como os quebradores não possuem qualquer tipo de patrocínio, se não encontrarem apoiadores até a véspera da viagem terão de arcar do próprio bolso.

“Todos os anos é a mesma coisa, mas não vamos deixar de representar Jaraguá do Sul. Receber apoio é sinônimo de projeção no cenário nacional, já que o Touchdown é como se fosse o Brasileirão do futebol americano”, contesta o vice-presidente do Breakers, Danilo José Possamai.

Após o Vasco, a equipe viaja novamente, só que para Santos (SP), onde enfrenta o Santos Tsunami, no dia 16 de outubro. O custo estimado da viagem para Santos é de R$ 5 mil. Já o último confronto da primeira fase será em casa contra o ABC Corsários, no dia 29. Os interessados em patrocinar a equipe podem entrar em contato com Danilo pelo telefone (47) 8811-5452.


Via AN