Por: Anderson Kreutzfeldt | 06/01/2014

moto_água-546x410Motivado após ler um artigo do qual falava sobre motos movidas a água, o cineasta acreano Lelande Holanda desenvolveu sua moto movida parcialmente com água, o resultado só foi obtido após diversas tentativas em parceria com um amigo mecânico que o auxiliou durante o processo, já que Lelando não possui nenhuma formação na área de engenharia ou mecânica.

Holanda explica o princípio de como é possível utilizar água como combustível. ”Isso tudo iniciou quando vi um artigo que dizia que seria possível retirar um combustível alternativo à base de água. Comecei a partir daí a fazer um estudo sobre isso. A gente sabe que a água é formada por H2O [ dois átomos de hidrogênio e um de oxigênio] e sabe também que o hidrogênio queima. Diante disso, achei que seria possível tirar um combustível da água”

“A gente vê isso em ciências na 5ª série do ensino fundamental. Se você pegar duas chapas de aço, colocar uma pilha, ligar um fio nos pólos negativo e positivo e jogar água entre essas placas, vai conseguir separar o hidrogênio da água“. Partindo desse conceito foi desenvolvido uma célula geradora de hidrogênio, o carburador é enganado e queima o hidrogênio da água como se fosse gasolina.

Segundo Holanda depois de adaptar sua moto o consumo diminuiu em 40% “Se antes eu rodava 35 km com 1 litro de gasolina, hoje rodo 60 km” completou o inventor.

via BestRiders