Por: Sistema Por Acaso | 8 anos atrás

twiteer

Brasileiros tiveram enorme crescimento de participação no Twitter no segundo semestre: Estados Unidos ainda lidera, segundo pesquisa

De junho a dezembro de 2009, os tuiteiros brasileiros passaram de 2% para 8% de participação, formando o segundo grupo com mais representantes na rede.

Esta é uma das conclusões da pesquisa da Sysomos Resource Library, publicada há pouco, que mediu a incidência de usuários ativos no Twitter pelo mundo.
Leia também:

Como já era de se esperar, os Estados Unidos continuam bem à frente das demais nações quando o assunto é representação no serviço: possuem 50,88% do total de usuários.

Os americanos, porém, tiveram uma queda significativa, se comparar os dados atuais com os da pesquisa anterior. Há pouco mais de seis meses, os Estados Unidos detinham 62,14% da porcentagem de usuários.

A redução de participação dos americanos é explicada pelo alto crescimento de brasileiros e também de outros países que antes não tinham tanta representação na rede, como Alemanha, Indonésia e Japão.

O Reino Unido, com ligeira queda na porcentagem de usuários, de 7,87% para 7,20%, passou da segunda para a terceira posição, seguido por Canadá.

Os australianos, que estavam na quarta posição em junho, agora não passam da sétima posição, devido a uma pequena queda participativa: foram de 2,80% para 2,39%.

Brasileiros não publicam tantas mensagens

Quando o assunto é o numero de tuítes, a disposição do ranking muda. Os brasileiros, donos de 6,73% de todas as mensagens publicadas, ocupam a terceira posição, atrás de Estados Unidos, com 56,59%, e Reino Unido, 8,09%.

Via Info Online .