Por: Tita Pretti | 27/02/2015

size_810_16_9_Vestido-Exame-Com

De que cor é este vestido? Branco e dourado? Ou azul e preto? A pergunta percorreu as redes sociais, repercutiu nos sites de notícias e agitou milhões de internautas do mundo inteiro na noite de quinta-feira e na madrugada de sexta.

O vestido, fotografado numa festa de casamento, é azul e preto. Mas muitas pessoas que viram a foto no Tumblr (onde foi publicada pela usuária Swiked) e nas redes sociais juram que é branco e dourado.

Ontem à noite, o site Buzzfeed viu a discussão no Tumblr e fez uma enquete perguntando de que cor é aquele vestido. A página teve, em menos de 12 horas, 23 milhões de visualizações, além de 412 mil comentários. 

São números fenomenais. Para se ter uma ideia do que significam, o primeiro vídeo do canal Porta dos Fundos no YouTube está no ar há dois anos e tem menos de um terço desse número de visualizações.

Ilusão de óptica

No Buzzfeed, 72% das pessoas responderam que veem um vestido branco e dourado. Os outros 28% não têm dúvida de que é azul e preto.

Trata-se de da chamada ilusão de luminosidade. É uma característica da visão humana que faz com que vejamos uma determinada cor num tom diferente dependendo da luminosidade e das cores do entorno.

Essa característica da visão permite que o olho humano se adapte a diferentes condições de luminosidade. A própria luz do dia muda de cor dependendo do horário, de um tom mais dourado ao nascer e ao por do sol a um branco levemente azulado ao meio-dia.

Mas nosso cérebro adapta a visão para que perceba as cores corretas mesmo quando a luz poderia distorcê-las. Em geral, isso funciona bem. Na foto do vestido, o fundo amarelado e as cores pouco definidas acabam levando a múltiplas interpretações.

“Venho estudando diferenças na visão das cores há 30 anos. Essa é a maior diferença que já vi”, disse, em entrevista ao site Wired, o neurocientista Jay Neitz, da Universidade de Washington.

Quem vê azul e preto está fazendo uma leitura literal da foto. Nós analisamos a imagem no Photoshop. Os parâmetros de cor lidos pelo aplicativo indicam que as cores são azul e um marrom quase preto.

As pessoas que veem branco e dourado estão ajustando sua percepção a uma imagem que parece estar subexposta (ou seja, escura demais) e com coloração distorcida em direção ao azul.

Para elas, aquele marrom quase preto é um dourado que ficou escuro na foto por causa da baixa qualidade da imagem. E o azul é um branco distorcido pelas luzes do ambiente. Seu cérebro, então, ajusta a percepção e o resultado é que o vestido é visto branco e dourado.

Isso pode ser verificado quando clareamos a foto no Photoshop. Veja, na imagem acima, a foto original (no centro), a versão clareada por nós para que parecesse branca e dourada; e uma terceira versão, em que escurecemos o vestido para deixá-lo ainda mais azul e preto.

Via Exame.