Por: João Marcos | 5 anos atrás

Fantasma. Falta de inspiração. Chuva. Morte. Drogas. Esses foram os responsáveis por afastar Black Alien do mainstream. “Por ideologia”, como disse em conversa por telefone com O GLOBO, o rapper se recusou a participar da turnê de reunião de sua ex-banda, o Planet Hemp, que roda o Brasil desde setembro.

Mas o niteroiense de 40 anos está de volta, com disco novo — o lançamento está previsto para março — e retorno aos palcos já neste sábado, na festa Luv 4 anos, na Estação Leopoldina. Na última semana, ele publicou no YouTube a canção inédita “Pra quem a carapuça caiba”, que já ultrapassou as 18 mil visualizações. Olhaí:

[youtube_sc url=”http://youtu.be/XEnZ3tmdmfc” width=”640″ autohide=”1″]

E ele ainda mandou essa na lata:

‎”(…) existe uma redundância gramatical: ‘Legalize já, uma erva natural não pode te prejudicar’. Uma erva já é natural. Em português já está errado, confere? E ‘não pode te prejudicar’ como, se fui preso?”

Vai entender. Fui num show do Hempa no último fim de semana e ele é uma ausência sentida na formação, prefiro bem mais o som que ele tocava antes, sem preconceito algum a sua nova vida. Quem quiser ver a entrevista completa é só acessar esse link.