Por: | 7 anos atrás

 

Um dos clubes mais ricos do mundo, o Barcelona acaba de reforçar ainda mais seus cofres e acabar com uma tradição. O clube anunciou nesta sexta-feira, 10, em seu site oficial, um acordo de patrocínio com a Qatar Foundation que irá render € 170 milhões à equipe até a temporada 2016 (sendo (€ 30 milhões por ano). O valor representa um recorde na história do patrocínio no futebol e supera os contratos dos rivais Manchester United e Real Madrid, que recebem € 23 milhões por ano da AON (da área de seguros) e da bwin (site de apostas), respectivamente.

Esta é a primeira vez em sua centenária história que o Barcelona recebe dinheiro para estampar a marca de um patrocinador na camisa. Até 2003, o estatuto da equipe catalã proibia a inserção de publicidade no uniforme. No entanto, em 2006 o clube assinou um acordo com a Unicef, fundo das Nações Unidas para infância, pelo qual paga à instituição pelo direito de estampar a marca em sua camisa. A ação, inédita no futebol, rende algo em torno de € 2 milhões anuais à Unicef. O novo uniforme, já com as duas marcas presentes, deve ser apresentado em um mês.

Além dos € 30 milhões a partir da temporada 2011-2012 – e € 15 milhões na atual temporada -, a Qatar Foundation, que investe em educação, pesquisa científica e desenvolvimento social, pagará bônus por títulos que poderão chegar a € 5 milhões. O acordo também prevê que a equipe principal do Barça faça um amistoso por ano para entidade. No entanto, a partida não será, necessariamente, no Qatar. O país conquistou na semana passada o direito de sediar a Copa do Mundo Fifa de 2022.

Via MM.