Por: Anderson Kreutzfeldt | 4 anos atrás

Será que o mundo está perdido? Episódio trágico aconteceu em um hospital na Bahia: os suspeitos invadiram as instalações e percorreram os corredores até encontrar um homem que havia sido baleado na perda. O paciente estava internado devido a um tiro na perna e acabou sendo executado na frente da própria mãe e de outros funcionários do hospital. A polícia acredita que os bandidos que haviam baleado o homem voltaram para terminar o serviço:

Eu não sei… Mas pra mim, coisa boa o sujeito não devia ter feito. Não podemos simplesmente levantar hipóteses sobre a índole da vítima, mas em uma execução a sangue frio como essa não podemos esperar que haja nenhum lado “injustiçado”.

Mesmo assim, sentimentos a família. Independentemente da inocência ou não da vítima, nenhuma mãe deveria enterrar o próprio filho, quem dirá então assistir sua execução.