Por: Tita Pretti | 4 anos atrás

 

Pode acreditar: por trás daquela cara de malvado dos homens existe um bom coração. É isso que diz uma pesquisa da Universidade de St. Andrews, na Escócia. Segundo os pesquisadores, a ideia de “cara de mau” está associada à largura do rosto, o que não passa de um estereótipo.

Para chegar essa conclusão, os pesquisadores fizeram uma competição envolvendo dinheiro com alunos da Universidade e concluíram que os homens com rostos mais largos e com cara de malvados eram mais cooperativos e altruístas, dispostos a fazer sacrifícios pelos amigos e família.

Mais uma prova de que as aparências enganam e não dá pra julgar o livro pela capa.

Via Ciência Maluca.