Por: Gabriela Bubniak | 1 mês atrás

Atenção, motoristas! A partir de junho, quem for renovar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) terá de se submeter a um “curso de aperfeiçoamento” e a uma prova teórica para seguir dirigindo. Mas todo mundo? Sim, todo mundo!

Quem determinou isso foi o Conatran através da resolução do Conselho Nacional de Trânsito, publicada neste mês.

——

10 hábitos comuns que podem gerar multas de trânsito

——

O curso de aperfeiçoamento terá 10 horas/aula de duração e poderá ser feito presencial ou a distância. Depois, o motorista terá de fazer um novo teste teórico, respondendo a 30 questões. O candidato deve acertar, pelo menos, 21 questões.

Também teve mudanças em fases do processo de habilitação para o trânsito. Veja quais:

– Na primeira habilitação, o curso teórico foi dividido em dois módulos: um geral e outro especializado para o tipo de veículo pretendido

– A carga horária do curso segue sendo de 45 horas/aula, mas quem quiser fazer habilitação para duas categorias (carro e moto, por exemplo) terá de fazer os cursos específicos para as duas categorias

– Quem reprovar na prova de direção precisará cursar mais quatro horas de aulas práticas antes de fazer o teste outra vez

– O processo de aprovação de candidatos a conduzir motocicletas passa a ter duas fases (e dois testes). Um em circuito fechado e outro na rua

– O prazo máximo para concluir o processo de habilitação foi estendido de 12 para 24 meses

—-

RECEBA NOSSO CONTEÚDO EM PRIMEIRA MÃO NO SEU WHATSAPP CLICANDO AQUI.

—-

Leia também: