Por: Ricardo Daniel Treis | 4 anos atrás

tubbyAcredito que seja dispensável qualquer introdução, porém caso você tenha caído aqui e queira mais detalhes sobre o Lulu e o consequente Tubby, basta clicar nos respectivos links. Para os homens há ainda uma recomendação extra, eis aqui post para conhecer todas hashtags, ver o que pode acontecer de pior com você no Lulu e também remover o perfil.

DIRETO AO ASSUNTO
Ao que parece o Tubby será disponibilizado dia 4 deste mês para a assim chamada “vingança” dos homens (termo que usam no descritivo do app). Não quer ter sua privacidade violada? Basta acessar o site, clicar no botão certo e passar seus dados (afinal, eles precisam saber quem você é para te tirar de lá).

REMOVER_TUBBY

Clique na imagem para acesso e remova seu perfil

Andei pesquisando para ver o potencial do app, e até agora a impressão não é outra senão de que a baixaria vai correr entre os telefones… Pode ser que me engane, porém prefiro deixar esse julgamento a critério das mulheres.

Assim que o app estiver disponível faremos sua dissecação também, então fiquem de olho.

BOA PERGUNTA
Supondo que o app venha nos mesmos moldes da versão feminina, que tal se as usuárias pudessem acessar o Lulu apenas caso permitissem ter seu perfil aberto no Tubby?

Nada mais justo, eu diria.

A VULNERABILIDADE DE ESTAR NO FACEBOOK
Esses dois apps trouxeram à tona uma questão importante também quanto ao Facebook, onde por ter aceito os termos de usuário você está automaticamente exposto a qualquer situação como essa (ou pior).

“Quando o usuário entra no Facebook, ele aceita a condição de que aplicativos acessam sua lista de amigos. Desta forma, se o usuário está na lista de alguém, e essa pessoa usa aplicativos há uma chance de que o usuário seja exibido no aplicativo de um amigo. Esse é o caso do Lulu”, explica Camila Fusco, gerente de Comunicação do Facebook Brasil

Para se prevenir, é possível dificultar alterando algumas configurações no painel de usuário do Facebook. Segue o tutorial:
1) Acesse “Configurações da Conta” (a rodinha dentada no canto superior direito do Facebook), depois “Aplicativos”, em seguida “Aplicativos usados por outras pessoas”. Ali, desmarque todas as categorias de informações que estão marcadas e clique em “Salvar alterações”;
2) Exclua aplicativos danosos do seu Facebook entrando novamente em “Configurações da Conta”, “Aplicativos”, e em seguida “Aplicativos usados por você”. Escolha os que você não quer mais ceder acesso, clique em cima do nome, utilize a opção  “Remover aplicativo” e depois em “Remover” na caixa que vai abrir.