Por: Misael Freitas | 28/12/2016

Pular as sete ondas, usar roupas de determinadas cores, comer uvas ou lentilha são algumas das superstições de fim de ano mais comuns entre os brasileiros. As simpatias fazem parte das tradições de Réveillon de muitas culturas e algumas podem parecer bem estranhas pra gente. Quer ver só?

Veja quais são as superstições de Réveillon mais bizarras do mundo:

Chumbo derretido

Os austríacos têm o hábito de jogar chumbo derretido num copo com água no momento em que o relógio soa a zero hora de um novo ano.

Subindo nas cadeira

Na Dinamarca, quando está próximo da meia-noite, todos na família sobem em cadeiras. Assim q dá meia-noite pulam da cadeira para o novo ano.

Boneco de fogos

No Equador, monta-se um boneco com fogos de artifício, que é aceso à meia-noite.

108 badaladas

No Japão, dia 31 de dezembro, um sino é tocado 108 vezes em templos budistas para acabar com o ano velho e dar boas vindas ao ano novo.

Carne de porco

Na Hungria, a ceia tem sempre carne de porco. Como o animal fuça para frente, acredita-se que, ao comê-lo, a vida seguirá na mesma direção.

Tangerinas da prosperidade

Em Cingapura, as pessoas trocam tangerinas, que são vistas como símbolo de prosperidade. Os presentes são dados sempre em número par.

Fitas da sorte

Na Itália as fitas verdes distribuídas na época trazem boa sorte.

Fonte: Twitter/Moments