Por: Cláudio Costa | 3 anos atrás

O projeto “Arte e Dança” pretende dar novas possibilidades para a dança em Jaraguá do Sul. A iniciativa da pintora Mai Siqueira reúne o dançar e o pintar, duas expressões artísticas clássicas, em um só lugar. Os movimentos graciosos e delicados das bailarinas foram retratados por Mai e deram origem à exposição “Fugaz”, que tem pré-exposição programada para esta quarta-feira (21), na Bodega do Ritcher.

A exposição da artista jaraguaense busca retratar o trabalho realizado pelos bailarinos, que ensaiam arduamente em busca de movimentos perfeitos, belos e plásticos. Ao todo, 20 obras compõem o acervo, que teve como base apresentações, fotografias, coreografias vistas em Jaraguá do Sul e outras cidades. Todas as telas foram pintadas com base no neoexpressionismo.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

O projeto foi financiado pelo Fundo Municipal de Cultura de Jaraguá do Sul e tem como contrapartida a doação de dois quadros para a Fundação Municipal de Cultura e a transformação de duas dessas obras em cartões postais da cidade.

“Através de minhas obras busco a criação que venha tocar o espectador e que possa reorganizar dentro de cada público novas formas de ver o mundo. Assim como a dança, a pintura busca a plasticidade e, muitas vezes, caminha em direção ao belo”, comenta Mai Siqueira

Serviço:

Exposição Fugaz

Pré-exposição
Local:
 Bodega do Richter- Expedicionário Antônio Carlos Ferreira, 225F, Centro;
Dia: 21/10;
Início: 
19h30;
Ingresso: gratuito.

Exposição temporária no Festival Nacional de Dança
Local:
 Scar – rua Jorge Czerniewicz, 160 – Czerniewicz;
Duração: 23/10 a 25/10;
Horário: 9h às 21h
Ingresso:
 gratuito.

Exposição
Local:
 Galeria Associação Jaraguense de Artistas Plásticos – praça Ângelo Piazera, Centro.
Duração: 31/10 a 29/11;
Horário
: das 15h30 às 16h30.
Ingresso: gratuito.