Por: Ricardo Daniel Treis | 4 anos atrás

Matéria por Rudimar Braga, Rádio Jaraguá AM. Foto por Henrique Porto, Avante Esportes.

24MAR15-24-l-Futsal-l-Taça-Brasil-l-Jogo-04-l-Jaraguá-SC-x-Minas-MG-©-Henrique-Porto-Agência-Avante1-1024x682

Foi uma batalha. A Arena Jaraguá viveu uma noite de sexta-feira memorável, inesquecível. Nunca a denominação de ” ARENA” fez tanto significado de seu nome como nesta partida.

Não faltavam ingredientes. O Jaraguá/Pericó/CSM/Real Vidros/Kaiapós iria enfrentar seu maior rival e ainda disputar uma vaga á final da Taça Brasil, o torneio mais tradicional do futsal nacional.

O Joinville vinha melhor na competição com campanha 100% e com uma vitória convincente de 3×0 sobre o campeão da Liga nacional, o Brasil Kirin  de Falcão.

Mas a rivalidade, a supremacia dos jaraguaenses sobre o adversário, escreveram um novo capítulo deste confronto.

O Jaraguá fez sua melhor apresentação na Taça Brasil e o Joinville, com uma postura tática diferente, esperando o adversário. O jogo foi dramático, empolgante, sensacional. Um verdadeiro clássico onde não faltou emoção. E literalmente, até o último segundo.

Precisando da vitória para avançar, o Jaraguá conseguiu dar alegria ao torcedor aos 10 minutos, quando Vitor Hugo abriu o placar do jogo. Porém, a festa durou pouco, já que Eka deixou tudo igual para a Krona pouco mais de 3 minutos depois.

O placar da igualdade seguiu até o fim do jogo, levando o duelo catarinense para a prorrogação. Com vantagem do empate por ter a melhor campanha, a Krona viu a vaga na grande decisão durar praticamente todo o tempo extra.

Mas a estrela de Dian brilhou no fim. Faltando 04  segundos para o apito final, o ala do Jaraguá marcou o gol que garantiu a vaga dos donos da casa na grande decisão. A Arena explodiu de alegria; nenhum torcedor ficou parado, se via uma emoção inenarrável. Os torcedores pulavam e se abraçavam com o que viam. Vencer seu maior rival, outravez, numa semifinal de Taça Brasil, com um gol no fim da prorrogação, valeu demais.

Agora a decisão. Que venha o Brasil Kirin, time de Falcão.  Uma batalha já foi vencida. O campeão da Liga Nacional, já está avisado de que precisará de todo o seu grande potencial técnico, para superar os gladiadores jaraguaenses.

A decisão ocorre as 18h30min deste sábado, com transmissão das Rádio jaraguá.