Por: Anderson Kreutzfeldt | 16/12/2013

A sonda (não tripulada) chinesa Chang’e 3 pousou no último sábado (dia 14) na cratera lunar Sinus Iridum e algumas horas depois já foram divulgadas as primeiras imagens feitas por ela pela agência estatal chinesa Xinhua. A China se tornou o terceiro país a conseguir pousar uma nave na lua, juntamente com EUA e com a antiga União Soviética.

A China tem expandido suas ambições relativas aos programas espaciais para fins militares, comerciais e científicos (o que inevitavelmente gera muita especulação). O Chang’e 3 foi lançado ao espaço em 2 de dezembro e pousou com sucesso às 11h12 do dia 14. Ela funcionará durante três meses e poderá se deslocar a uma velocidade máxima de 200 metros por hora.

Cientistas chineses comemorando o sucesso do pouso na lua em Pequim

Cientistas chineses comemorando o sucesso do pouso na lua em Pequim

Superfície lunar antes do pouso

Superfície lunar antes do pouso

Após o pouso é fotografado o solo lunar

Após o pouso é fotografado o solo lunar