Por: Ricardo Daniel Treis | 5 anos atrás

chequeRecebeu um cheque e não tem tempo de ir ao banco para depositá-lo na conta? Basta baixar um aplicativo, capturar a imagem pelo celular, enviar o arquivo ao banco, e esperar algumas horas até a compensação. Depois, guarde o cheque como recibo ou lembrança da transação.

O serviço existe no Brasil, está em fase avançada de teste, e será lançado ao grande público em 2014.  Além de escanear a frente e o verso do cheque, o aplicativo captura o chamado número CMC7, uma espécie de código de barras para cada folha, localizado logo abaixo da assinatura do cliente.

Nos EUA, a regulação permite que essa tecnologia cancele o cheque, impedindo que uma pessoa repasse a mesma folha para pagar um segundo portador. No Brasil, o Banco Central ainda estuda como permitir isso utilizando apenas o arquivo de imagem. Uma das ideias é restringi-lo ao cheque nominal ou atestar a destruição da folha. Até lá, o cheque escaneado ainda precisa chegar ao banco.

Essa tecnologia tem capacidade inclusive para capturar a imagem de cédulas de papel moeda, cancelá-las no Banco Central, e convertê-la em dinheiro na conta do cliente. Os reguladores internacionais, no entanto, relutam em permitir isso devido ao receio quanto à segurança da operação, além da proibição e do custo de destruir cédulas de papel moeda.

Via Folha.