Por: Sistema Por Acaso | 08/12/2015

Após os ataques terroristas em Paris, ocorridos em novembro, o grupo de ativistas Anonymous declarou guerra contra o ISIS (Estado Islâmico, sigla em inglês).“Esperem ciberataques massivos. A guerra está declarada. Se preparem. Anônimos de todo o mundo vão caçar vocês. Vocês deveriam saber que nós iremos achar vocês e não deixaremos vocês fugirem”, anunciou o grupo.

O grupo de ativismo hacker segue com suas atividades contra o Estado Islâmico. Em post publicado no Ghostbin, os ativistas afirmam que a próxima sexta-feira (11) é dia oficial de trollar o ISIS. “Nós pedimos que vocês mostrem seu apoio e nos ajudem a zombar do Estado Islâmico. Você não precisa ser um membro do Anonymous, qualquer um pode fazer isso e não é preciso ter nenhuma habilidade especial”, diz o post.

Os protestos ocorrerão por meio das redes sociais (Facebook, Twitter, Instagram, Youtube) e “no mundo real”. De acordo com os ativistas, ações ocorrerão em algumas cidades ao redor do mundo, são elas: Los Angeles, Nova York, Seattle, nos Estados Unidos, Cidade do México, no México, Vancouver, no Canadá, Paris e Cannes, na França, Londres , na Inglaterra, e Madri, na Espanha.

Na postagem, o Anonymous incentiva os participantes a publicarem memes e vídeos zombando o ISIS nas redes sociais e a denunciarem as contas virtuais de membros dele. O grupo deixa ainda uma explicação do motivo dessa ~trollagem~ toda. Leia na íntegra:

“Você pode estar se perguntando o motivo de estarmos ‘trollando’ o Estado Islâmico e planejando todas essas demonstrações contra o ISIS. Mas, para entender, primeiro você precisa ver como o Estado Islâmico funciona. Eles se desenvolvem por meio do medo que eles esperam que suas ações atinjam e que por meio delas consigam silenciar a todos nós só para se esconderem no medo. Mas esquecem que há muitos mais pessoas no mundo contra eles do que com eles. E o objetivo é que essa insurreição do dia 11 de dezembro mostre a eles que não temos medo, nós não nos esconderemos em nosso medo, nós somos a maioria e, com a nossa força em números, nós conseguimos fazer uma verdadeira diferença.

Nós zombaremos deles pelos idiotas que são. Mostraremos a todos que eles não estão se baseando em uma religião, em um deus, eles fazem lavagens cerebrais, ensinando os jovens as velhas propagandas contra o ocidente quando, na realidade, eles estão aumentando a distância entre os países dando reputações ruins a muitos deles. No entanto, nós conseguimos ver o que há por trás dessa persona, nós os vemos por quem eles realmente são.

E nós esperamos ver todos vocês, irmãos e irmãs, no dia 11 de dezembro. Conforme nós nos juntamos e mostramos a eles quem nós somos, o que somos e o que defendemos. Eu não verei você no dia 11 de dezembro, eu não sou uma pessoa, e sim uma ideia de amor e paz. E nós mostraremos a eles o que prevalecerá depois de todos os horrores que eles não nos controlam. Por favor, mostrem seu apoio no dia 11… Será um dia para nunca ser esquecido.”

Fonte: Galileu