Por: | 8 anos atrás

Depois do Bolsa Família agora é a vez do “Bolsa Telefone”. O programa de telefonia fixa vinculado ao do atual governo tem como meta levar o serviço para as 13 milhões de familias já beneficiadas pela transferência de renda. De acordo com a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), a ideia é reformular o atual AICE (Acesso Individual Classe Especial), serviço pré-pago para os usuários de baixa renda que hoje custa cerca de R$ 25,00. 

Embora o preço sugerido para as mensalidades seja de até R$15, o valor final só saíra daqui algumas semanas, quando a Anatel liberar um regulamento específico que deverá ser colocado em consulta pública por 20 dias. Após esse período, a proposta será encaminhada para o Ministério das Comunicações e à Casa Civil. 

O projeto prevê que o desconto tarifário seja bancado pelas próprias operadoras. De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, isso tem causado insatisfação entre as teles que preferem que o valor seja retirado do Fundo de Universalização dos Serviço de Telecomunicações, e não de parte de seus lucros. 

Via Olhar Digital.