Por: Max Pires | 6 anos atrás

Moradores de Santa Luzia, Águas Claras, Boa Vista, Ilha da Figueira e Rio Molha devem economizar água

Devido às chuvas intensas que ocorrem desde ontem (5), foram desligadas as estações de tratamento de água ou Sistemas Independentes, que utilizam água das encostas, mais sensíveis às pancadas de chuvas. Por este motivo os bairros Águas Claras, Ilha da Figueira, Boa Vista, Rio Molha e Santa Luzia podem ter o abastecimento de água afetado. Os reservatórios destes sistemas ainda estão abastecendo, mas seus níveis estão baixando devido ao consumo de água. A situação é mais crítica no Boa Vista, onde a falta de água já ocorre na parte mais alta do bairro.

A expectativa é de que as chuvas diminuam nas próximas horas, permitindo a retomada da produção de água. A normalização do abastecimento deve ocorrer até amanhã (7), desde que não ocorram novas pancadas de chuva. Além da melhoria da qualidade dos mananciais, o Samae também depende da colaboração da comunidade, que deve utilizar a água de maneira racional, evitando o desperdício.

É recomendado aos moradores dos bairros afetados que mantenham a reserva da caixa-d’água para os usos essenciais. Exemplos de atividades não essenciais: lavar calçadas e veículos, banhos demorados e limpeza de áreas externas. A capacidade da caixa-d’água deve ser de no mínimo 150 litros por pessoa por dia, ou o suficiente para um dia de consumo da família e que abasteça toda casa.

Em caso de dúvida, o Samae coloca à disposição o telefone (47) 2106-9100.