Por: Sistema Por Acaso | 27/05/2014

IMG_9884

Papel, plástico e até bolas de brinquedo. Foi isso que a Companhia Águas de Joinville encontrou na rede de esgoto da rua Amélia Zucco, no bairro Ulysses Guimarães, na última sexta-feira (26). A quantidade de material jogada de forma inadequada fez a tubulação entupir e o esgoto retornou em duas casas da rua, causando prejuízo para os moradores.

A Companhia foi informada sobre a situação no fim da tarde de sexta. Assim que foi avisada pela central de atendimento, a equipe técnica de plantão foi até o local. Profissionais tentaram desentupir o sistema com hidrojato, mas foi preciso utilizar a retroescavadeira para quebrar o pavimento e retirar o material que estava obstruindo a passagem do esgoto. “Encontramos muita coisa na tubulação, inclusive duas bolas de brinquedo”, conta o técnico em saneamento Samuel Valdir Ocker.

Outra equipe realizou a limpeza do chão e dos móveis das duas residências até cerca de meia-noite de sexta. “Além do serviço de limpeza, a Águas de Joinville ofereceu hotel e refeição para os moradores, para tentar amenizar o transtorno”, afirmou Fernando Figueiredo, gerente de serviços operacionais da companhia. Embora o incidente não tivesse sido causado pela Águas de Joinville, a autarquia se vê como corresponsável nessas situações. Os prejuízos materiais serão ressarcidos.

“Esse é apenas um dos exemplos de transtorno que o mau uso da rede pode causar. Muitas pessoas jogam o que não deve nos vasos sanitários e óleo na pia de cozinha. Tudo isso causa entupimentos. É preciso consciência”, falou Figueiredo.

A Companhia Águas de Joinville reforça o alerta de que todos são responsáveis pela utilização adequada da rede de esgoto. Não jogue papéis, absorventes, fraldas, fio dental ou qualquer outro objeto no vaso sanitário. Papel higiênico também deve ser descartado no lixo e separado de forma correta.