Por: João Marcos | 5 anos atrás

Depois de muita polêmica envolvendo a disputa entre Apple e Gradiente pelo nome iPhone, a Apple agora perdeu o direito de usar a marca em território brasileiro. Embora a ação permita recurso, tudo indica que isso ainda vai dar muito trabalho para a marca da Maçã.

Mesmo que a Gradiente tenha declarado não ter intenção de impedir a Apple de vender o iPhone no Brasil, agora, o Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) decidiu que a empresa brasileira tem direito a exclusividade do nome.

Embora o INPI não tenha autonomia para impedir sozinho as vendas do aparelho, a decisão permite que a Gradiente faça o pedido caso tenha interesse. Como a empresa brasileira já declarou a intenção de vender o nome iPhone, é possível que este pedido ocorra como forma de pressionar a Maçã.

Via Tecmundo