Por: Gabrielle Figueiredo | 2 semanas atrás

Assim como alguns produtos são lembrados pelo nome de uma marca, outros carregam a cultura de um determinado local. A Linguiça Blumenau, por exemplo, é considerada um ícone gastronômico do Vale do Itajaí. A iguaria, que já conquistou todo o Brasil, chegou à região através dos imigrantes alemães.

Foto_014-2015 (Linguiça Blumenau)_menor Crédito - Luís Carlos Kriewall Filho

Foto: Luís Carlos Kriewall Filho

A necessidade de manter a carne conservada por mais tempo fez com que eles começassem a produzir a linguiça, baseados nos modelos consumidos na Europa. O clima da região e o processo de defumação artesanal deixaram o produto com a cara do Vale Europeu e o público logo aprovou a receita.

Como na época Pomerode fazia parte do distrito de Blumenau, os visitantes de outras cidades sempre pediam ‘a linguiça de Blumenau’ e por isso ela foi batizada com o nome do município, em forma de homenagem.

Porém, para carregar esse título, o embutido não precisa ser feito obrigatoriamente em Blumenau. A empresa mais tradicional na produção desta iguaria fica em Pomerode. No início do século 20, ela começou a ser feita pela antiga Weege Indústria Alimentícia, que atualmente atende pelo nome de Olho Embutidos e Defumados.

Jost Weege, neto do fundador Hermann Weege, conta que muitas pessoas já tentaram produzir a linguiça fora da região, mas nunca obtiveram o mesmo resultado, pois o clima local é um dos grandes responsáveis pelo sabor inconfundível. Até hoje, a Olho segue o mesmo processo de produção artesanal.

Qualidade e sucesso econômico

Foto_026-2015 (Linguiça Flambada na Cachaça - Opa Boteco)_menor

Foto: Divulgação

Para ser considerada uma autêntica Linguiça Blumenau, ela deve ser feita com carne de pernil e paleta, além de possuir um tempero natural e passar por um processo de defumação correto e artesanal. O segredo está na seleção da matéria-prima e no modo de preparo.

As empresas de embutidos devem seguir uma série de normativas que garantem a qualidade do produto, principalmente no que diz respeito à higiene, além de um rigoroso controle no processo de produção, desde a entrada da matéria-prima até o produto final. Como se trata de alimento, é importante ficar atento aos registros das empresas para garantir que o produto consumido tem procedência”, afirma o sócio da Olho Embutidos e Defumados, Luiz Antonio Bergamo.

A Linguiça Blumenau também é responsável por movimentar a economia da região. Na Olho Embutidos ela é o carro-chefe das vendas.

Fonte: Oficina das Palavras