Por: Sistema Por Acaso | 4 anos atrás

Esse equipamento é um sistema de aproximação das aeronaves por instrumentos que vai reduzir de 2 mil 

para 1.200 metros a distância de visão horizontal da pista na hora do pouso e de 400 para 300 pés (cerca
de 90 metros) o teto de aproximação vertical da pista.

A publicação da Decisão ocorreu no Diário Oficial da União na última sexta-feira, dia 30 de maio, e é referente
à aprovação do estudo aeronáutico, o qual classifica o aeroporto como uma estrutura que opera por instrumentos Precisão.

A próxima etapa, após esta aprovação, é a atualização cadastral (física), na ANAC, que deve ocorrer nos próximos dias.

Um estudo realizado, mostra que com o ILS haverá um ganho de 61% na performance de tempo de
abertura do aeroporto para os pousos.

O Secretário de Integração e Desenvolvimento Econômico, Jalmei Duarte destaca a importância do equipamento e os ganhos para a cidade: “O ILS traz evolução tecnológica e segurança aos vôos. A modernização do Aeroporto, traduz-se em ferramenta de desenvolvimento para pessoas e empresas e torna nossa cidade mais competitiva. É um anseio e trabalho de muito tempo, onde quem ganha é toda a sociedade joinvilense”, finaliza.

Uma das condicionantes no processo de liberação do uso do ILS é a instalação e operacionalização das cancelas instaladas na Estrada João de Souza Mello e Alvin (continuação da rua Dorothovio do Nascimento)nos fundos do aeroporto.

A proibição da passagem de veículos durante os pousos e decolagens é para evitar que os veículos interfiram no sistema de navegação aérea.

As cancelas instaladas pela Prefeitura foram danificadas duas vezes por causa da ação de vândalos. O secretário de Desenvolvimento Econômico, Jalmei Duarte, realizou reunião na semana que passou com Polícia Civil, Polícia Militar, Polícia Federal, Secretaria de Segurança e Proteção Civil e ITTRAN, para o pronto restabelecimento das cancelas e onde.

As forças de segurança se comprometeram a apoiar a segurança das cancelas e investigação dos causadores do vandalismo e para ajudar a evitar novas ações de vândalos no local.

Nessa semana, o secretário Duarte estará em São Paulo participando de reuniões com diretores das companhias aéreas que operam em Joinville para destacar as melhorias do aeroporto (ILS, PCN, Sistema Elo) e definir ações que ajudem a aumentar a oferta de voos para Joinville e o fluxo de passageiros.

Atualmente a unidade tem um movimento de 400 mil usuários por ano. A meta é atingir um milhão, já em 2015. Com o processo de homologação do ILS, que deve ser finalizado, nos próximos dias, Joinville entra para um seleto grupo de aeroportos que possuem o equipamento.