Por: Ricardo Daniel Treis | 7 anos atrás

Olha, é marromenos um “tarda mas não falha”. Sempre que recebo alguma denúncia aqui ou quero reclamar de algo que está me incomodando e é responsa da Prefa, eu dou um chego lá primeiro. Não é dado exato, mas acho que até então já recebi resposta ou vi solução aplicada para aproximadamente 80% das comunicações que fiz.

Hoje de manhã vi outro retorno acontecer. Olha o bode, primeiro vai a carta que recebi de leitor:

“Estou escrevendo para falar sobre queimadas que estão acontecendo no bairro Rio Cerro II. Acredito que a prefeitura e os órgãos públicos estão sendo coniventes com este fato. Um certo empresário adquiriu um terreno rural próximo à SC 416 e está derrubando a mata e queimando a mesma toda a semana. O fato é que além da destruição da mata nativa, está ocasionando desconforto aos moradores nas proximidades, que têm que conviver com a fumaça e fuligem que invade as casas. Na minha residência já tivemos até que lavar peças que estavam guardadas dentro dos quarda roupas. Este fato já esta acontecendo há mais ou menos seis meses. Se a Prefeitura e o Ibama derem licença para o mato ser derrubado, nós não podemos ficar engolindo fumaça o dia todo. Que derrubem, retirem com um caminhão e levem para outro lugar.

Agora a resposta:

Sobre o terreno na SC-416: O proprietário foi identificado e notificado, proibindo-se a continuação do corte, a remoção da lenha as queimadas e determinado que regularize o corte das árvores. As penalidades ( multas, recuperação de áreas, etc) serão determinadas no decorrer do Processo Administrativo.

Great sucess. Mas como disse antes, “tarda mas não falha”, a reclamação inicial eu havia enviado no dia 14 de fevereiro. Um mês e tanto a mais engolindo fumaça sem saber se algo vai ser feito é dose pra monge.


Não é sempre que atrasa assim, mas sei que as meninas são apenas o mensageiro, então à elas deixo meu reconhecimento pelo trabalho e a recomendação.