Por: Sistema Por Acaso | 4 anos atrás
Foto Eduardo Montecino/OCP

Foto Eduardo Montecino/OCP

O presidente da ACIJS Paulo Luiz Mattos avalia que a possibilidade de que o comércio possa funcionar aos domingos, dependendo do interesse de cada lojista, é um processo natural em uma cidade com o perfil de Jaraguá do Sul.

O projeto encontra-se em discussão pela Câmara de Vereadores e, na opinião do presidente da entidade, sua aprovação é uma decisão política importante no momento em que o município busca o seu desenvolvimento em atividades que estão diretamente ligadas às áreas de comércio e serviços.

“As relações econômicas impõem ao município a necessidade de se ajustar ao que ocorre nos principais centros, com a flexibilização do horário de funcionamento de um setor importante como é o comércio. Jaraguá do Sul vem assumindo cada vez mais o seu papel como cidade turística, com opções que atraem pessoas vindas de várias regiões. Oferecer essa condição às empresas que desejam ampliar o atendimento respeitando-se o que determina a legislação trabalhista, na atenção aos direitos dos trabalhadores, é plenamente aceitável se considerarmos que esse diferencial é importante como alternativa a quem nos visita de fazerem compras também aos domingos”, assinala Paulo Mattos.

O presidente da ACIJS diz que o debate é importante para respaldar as decisões, mas lembra que a livre iniciativa deve ser respeitada para assegurar uma economia forte ao município. “Nosso posicionamento é de simpatia à medidas que estimulem a geração de emprego e de renda, que em última análise levam ao desenvolvimento econômico e social da comunidade”, conclui.