Por: João Marcos | 6 anos atrás

A primeira cadeira de rodas que se tem notícia foi feita no ano de 1595, sendo construída para o Rei Filipe II da Espanha. Na época ela foi apelidada de cadeira para inválidos, e já possuía seu conjunto de rodas com suporte para os pés. De lá pra cá, muita outras versões de cadeiras de rodas foram construídas, umas semelhantes a triciclos, outras com manivelas à mão, até que em 1869 é patenteada uma cadeira com rodas traseiras de empurrar e pequenas rodas dianteiras.

Desde então essa se tornou a cadeira digamos, universal. Copiada por diversas empresas espalhadas pelo mundo, durante os anos houveram muita melhorias, como cadeiras elétricas, cadeiras à motor, freios hidráulicos, focando sempre no conforto e na melhor maneira de tornar mais acessível a vida dessas pessoas com limitações físicas. Por maiores que fossem o esforço dessas pessoas, esse formato de cadeira ainda atrapalha e muito tarefas diárias ditas normais, como pegar um produto na prateleira superior de uma loja, ou fazer um simple saque de dinheiro em um caixa eletrônico que não seja adaptado (grande maioria deles no caso).

Na Turquia ja está disponível uma nova versão desse suporte para deficientes físicos, que permite que estas pessoas possam fazer sua locomoção em pé. O RMD (Robotic Mobilization Device) como foi batizado, é a tecnologia aplicada para melhorar a vida das pessoas. Segundo os criadores, é uma nova plataforma, um novo conceito, traz a evolução para um meio até então jamais presenciado.

Para ver essa belezinha funcionando é só dar play no video, ou então é só entrar no site dos caras para ver quais são todas as vantagens que ela pode proporcionar.