Por: Ricardo Daniel Treis | 3 anos atrás

atleta

As inscrições para seleção no programa Bolsa Atleta começaram ontem (12). O processo deverá ser feito exclusivamente no site do Ministério do Esporte até 31 de maio e tem como base os resultados esportivos de 2014 nas modalidades que compõem o programa dos Jogos Olímpicos e dos Jogos Paralímpicos.

Os atletas beneficiados recebem ajuda financeira durante um ano para que se dediquem, com exclusividade, ao treinamento e competições locais, sul-americanas, pan-americanas, mundiais, olímpicas e paralímpicas.

Atualmente, são cinco categorias de bolsa oferecidas: atleta de base, estudantil, nacional, internacional e olímpico/paralímpico. Segundo o Ministério do Esporte, os recursos para o programa, em 2015, somam R$ 158 milhões.

O valor mensal do benefício pode variar de R$ 370 (atletas das categorias de base ou estudantil) – a R$ 3,1 mil (esportistas olímpicos e paralímpicos) .O dinheiro é depositado em conta específica do atleta na Caixa Econômica Federal. É permitido que o candidato tenha outros patrocínios.

Para pleitear a bolsa, é necessário que o atleta tenha sido classificado em primeiro, segundo ou em terceiro lugares em competições indicadas pelas confederações das modalidades ou pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), no caso dos esportes paralímpicos.

Os atletas contemplados na categoria de bolsa Estudantil são selecionados nos Jogos Escolares e nos Jogos Universitários Brasileiros. O programa patrocina 7.262 atletas em todo o país, sendo 6.528 de modalidades olímpicas e paralímpicas e 734 de modalidades não olímpicas.

Fonte: Agência Brasil