Por: Ricardo Daniel Treis | 6 anos atrás

Lembram que eu havia linkado a reação do Lobão ao line do Lollapalooza? Bom, vai aí o vídeo:

Porque publiquei agora? Só pra ilustrar a resposta de Perry Farrel, organizador do evento, a ele:

Ah, o carinha que ficou bravo? Olha, entendo o ponto de vista dele como artista. Quando o Coachella me põe para tocar às 14h, também fico chateado, mas não falo nada porque sei que é assim que as coisas funcionam. As escalações de line-up são feitas de forma política. Sempre o nome que atrai mais gente fica por último. Vou dar um conselho a ele: grave um disco muito bom, um que todo mundo ame, e faça as pessoas quererem vê-lo ao vivo. Então, ele poderá ser headliner de um festival.

Ai.


Mas é como disse o Alexandre Matias, não é preciso escolher nenhum lado nessa briga de farpas.