Por: Isah Sanson | 6 anos atrás

A Scar (de scarification) é um estilo de tatuagem que choca um pouco, por parecer mais agressiva. Porém, apesar do procedimento ser sangrento, o resultado geralmente é delicado e suave, formando uma “cicatriz artística”. E é bem essa a ideia da escarnificação: formar uma cicatriz, através de bisturis bem afiados.

Quando surgiu, a scar era usada em rituais de algumas tribos aborígenas da Austrália, para marcar a mudança de status social ou sexual dos integrantes das tribos. A técnica também era comum na África e Nova Guiné Ocidental.

A técnica é tão antiga quanto a tatuagem com agulhas, mas ainda não é tão difundida por transmitir a impressão de auto-mutilação – o que passa longe de ser verdade, já que se for feita por um bom profissional e bem tratada após o procedimento, a scar tem tão poucos riscos quanto a tatuagem com agulhas.

É bacana lembrar que nem sempre a scar depende do trabalho do tatuador. Como é um processo de cicatrização, o cuidado tomado é fator decisivo no resultado.

Como é possível ver nas fotos abaixo, cicatrizada a scar fica suave, quase como uma tatuagem feita em branco – com a diferença de ser em relevo, já que a pele forma uma quelóide:

A scar requer coragem. Aqui em Jaraguá eu ainda não vi alguém que tenha uma, mas se algum leitor do blog tiver uma e quiser enviar sua foto pra eu fazer o update no post, fiquem a vontade na caixa de comentários ou por email, farei o update com a imagem.

UPDATE: temos um parecer técnico sobre as imagens das tatuagens já cicatrizadas. Com a palavra, o profissional Depiné:

A pena, a palavra ‘courage’ e o infinito são tatuagens com tinta branca (no caso da palavra e do infinito, recém-feitas). Não consigo abrir as imagens em tamanho maior, mas as outras tem cara de ser ‘cutting’ mesmo, ou seja, quando a scarificação é feita através apenas de cortes. Existe também outras formas, como a remoção de pele, que causa um efeito de preenchimento, a abrasão, que é feita através de instrumentos friccionantes, a química, onde o cicatriz é causada pela utilização de algum produto químico corrosivo, e mais alguns outros, cada qual com seu resultado final… Aqui tem mais alguma coisa a respeito, infelizmente a maioria dos vídeos foram censurados pelo YouTube 🙁

Profissional é profissional, não tem como negar nem discutir, né. Thanks pelos esclarecimentos, man!

Para os que têm estômago, tem um vídeo após o jump com o procedimento.