Por: Isah Sanson | 7 anos atrás

Não confunda: há uma enorme diferença entre tatuagem Maori e Tribal. Os desenhos tribais nem sempre possuem significados, ao contrário das queridinhas Maoris (esse estilo já está entre os 10 mais feitos no mundo). Tem muita gente aí tatuando Tribal por Maori. Claro que tatuagem não precisa ter um significado pra ser bonita, você só precisa gostar dela – mas não saber o que tá tatuando e desrespeitar todo o ritual da tribo indígena que inspirou esse estilo de tatuagem é outra história.

Não é o caso desta foto, mas algumas Tribais são muito parecidas com Maoris. A diferença é que elas não formam um desenho pré-definido, apenas um padrão, um desenho simétrico.

Os Maoris, povo nativo da Nova Zelândia, inspiraram esse estilo de tatuagem. Para eles, ser tatuado era símbolo de status, além de identificação.

Os desenhos eram feitos com cinzéis e  uma espécie de ancinho com uma agulha, chamada de Uhi, feita de ossos de albatroz, utilizando um pequeno martelo para bater e aplicar a tinta vegetal na pele (o método parece mais dolorido que o nosso).

Eles chamam o estilo de “moko”, e é a característica mais marcante da tribo, onde as pessoas começam a se tatuar na adolescência. Os lugares são no rosto para mulheres e braços e rostos para homens. Como a tatuagem para eles é uma forma de identificação pessoal dentro da tribo e cada uma tem seu significado, eles sentem-se insultados por pessoas que não são do povo Maori que fazem seus desenhos. Evitar topar com um guerreiro da tribo pode ser uma boa ideia, caso você veja algum “zanzando” pela Nova Zelândia.

Guerreiro Maori

Além de classificar o status das pessoas, os desenhos no rosto eram feitos com a função de intimidar os rivais na guerra. Na foto acima, o índio tenta amedrontar o fotógrafo. Trata-se de parte de uma tradição: o Haka, uma dança tribal feita antes da guerra. Antes da batalha começar, os guerreiros maoris ficavam posicionados em frente ao inimigo para fazer o Haka. Durante a dança os guerreiros batem nos próprios braços, pernas e peitos, mostrando a língua e gritando com toda a força. O time de rugby All Blacks (da Nova Zelândia, claro) adotou o ritual antes dos jogos, pra fazer o time adversário tremer na base. Não sei se funcionou contra a o time desse vídeo, mas comigo iria funcionar facinho, viu.

Alguns significados das tatuagens Maori:

Tartarugas: resistência, serenidade, vida longa.
Sol: significa felicidade, alegria e prosperidade.
Vento: superação, dificuldades superadas.
Círculos em espirais: passado, presente e futuro. Círculos da vida.
Samambaia: Vida, tranqüilidade e recomeço.
Ponta de seta: representa e homenageia os guerreiros.
Tubarões: proteger dos inimigos. Esses animais são sagrados para os Maoris.
Dentes de Tubarões: proteção contra inimigos.
Rabo de Baleia: proteção, força.
Anzol ou Hei Matau: Proteção, prosperidade, abundância.
Lagarto ou Gecko: boa sorte no recomeço.
Conchas: riqueza, as conchas já foram usadas como moeda.

Após o Jump tem mais fotos de tatuagens neste estilo: