Por: Misael Freitas | 6 meses atrás

Pois é, parece que a coisa não anda nada boa lá em Jurerê Internacional. A Justiça de Santa Catarina ordenou nesta semana que cinco “Beach Clubs” do bairro mais luxuoso de Florianópolis sejam demolidos.

A sentença do juiz Marcelo Krás Borges também condenou 11 pessoas à prisão. O pedido de demolição e as prisões são resultado da operação “Moeda Verde”, deflagrada em 2006.

A operação investigava um esquema de compra de licenças ambientais e, no total, já condenou 16 pessoas. O esquema funcionava com o pagamento de propina.

Em troca, acontecia a liberação de licenças que permitissem a construção de hotéis e restaurantes em áreas de preservação ambiental permanente.

Os “Beach Clubs” (misto de hotel com restaurante e bar à beira da praia) que devem ser demolidos são:

  • IL Campanário Villaggio Resort;
  • El Divino/Donna;
  • Taikô;
  • Café de la Musique;
  • Simple on the Beach (atual 300 Cosmos);
  • Pirata (atual AquaPlage).

Todos esses “Beach Clubs” são consideradas opções de luxo e frequentemente são visitados por famosos e celebridades como Paris Hilton.

As empresas afirmam que vão recorrer da decisão para que os prédios não sejam demolidos.

——

Fonte: Aline Torres para o UOL

Imagem destaque: IL Campanário Villaggio Resort por Ana Biesdorf com edição da Equipe Por Acaso