Por: João Marcos | 6 anos atrás

Já falei desse tema aqui no blog, e o quão bom é “matar” esse sentimento. Mas afinal, porque sentimos saudade? A super e a ciência explicam:

Embora há quem afirme que “saudade” é uma palavra portuguesa intraduzível para outras línguas, o fato é que ela é um sentimento universal. De acordo com a psicóloga e psicoterapeuta Olga Inês Tessari, saudade é um sentimento que faz parte da natureza humana, que se manifesta em algum momento da vida e está relacionada a pessoas, fatos ou situações vivenciadas no passado. A saudade pode ter um significado positivo ou negativo. “Ela pode ser boa, quando nos lembramos de bons momentos que ficaram para trás, como o carinho que nos foi dado por uma determinada pessoa, o primeiro namorado, o banho de chuva na praia, os amigos, a casa em que moramos. Mas, para outras pessoas, esses mesmos acontecimentos podem ser negativos e até gerar sofrimento quando relembrados”, diz Olga. Há pessoas que sofrem com a saudade por se prender ao passado a ponto de paralisar suas vidas atuais. Em geral, isso ocorre porque elas não aceitam a realidade atual, porque foram felizes no passado e não o conseguem ser agora ou porque não se sentem capazes de recuperar algo ou alguém perdido e que faz muita falta. O sofrimento aqui se deve ao fato de elas se culparem pela perda. “Para acabar com o sofrimento, o melhor a fazer é parar de se lamentar, procurar eximir-se da culpa e buscar maneiras de melhorar o seu presente para que o sofrimento atual, em breve, possa se tornar apenas uma vaga lembrança”, diz Olga.