Por: Misael Freitas | 3 meses atrás

Jaraguá do Sul foi colonizada por  alemães, italianos, húngaros, poloneses e negros. As características socioculturais dessas etnias se mantém até hoje nas nossas tradições, nossas festas, nossas crenças e nossos valores.

As características das etnias europeias foram as que mais impactaram o desenvolvimento do nosso município, tendo reflexo na gastronomia, na arquitetura, na música, na dança e na “língua” jaraguaense.

Somos uma das cidades mais desenvolvidas do país e com os melhores índices de segurança e educação. Por isso, é comum dizer que Jaraguá e toda região representam a Europa do Brasil.

Neste post, listamos os principais motivos que nos levam a crer que vivemos padrão de vida europeu em Jaraguá do Sul. Olha só:

Diversidade cultural

A Europa possui, hoje, cerca de 51 países, contando os estados independentes. São lugares com características únicas e muito distintas. É de lá que veio grande parte dos colonizadores de Jaraguá do Sul.

A cultura de países com a Alemanha, Itália, Hungria e Polônia está presente até hoje em muitos aspectos do dia a dia do jaraguaense. Comidas típicas, como o strudel, por exemplo, e festas, como a Kolonistenfest, são prova disso.

Publicidade:

 

Aqui podemos circular por diversas culturas mudando apenas de bairro ou visitando diferentes Clubes e Sociedades. Na Europa, é comum realizar esses intercâmbios culturais, principalmente entre os países da União Europeia.

Além disso, temos aqui também todo peso cultural dos negros e índios que ajudaram a tornar nossa cidade o que ela é hoje. Ou seja, um pacote cultural completo!

Arquitetura típica

Muitas construções, casas e monumentos construídos durante a época de colonização ainda se encontram presentes na paisagem jaraguaense. Essa preservação se assemelha ao cuidado que a Europa tem pelo seu conteúdo histórico.

Não é dificil encontrar casas com características típicas alemãs, como a Casa Rux, por exemplo, ou igrejas erguidas no melhor estilo húngaro.

Nós temos, inclusive, um bairro inteiro tombado por sua importância histórica!

Veja um documentário sobre o assunto:

Além das edificações, Jaraguá do Sul é cercada por morros e conta com muitas arvores e áreas verdes. A arborização é uma das grandes preocupações nos centros urbanos europeus. Até nisso somos parecidos!

Clima “quase” mediterrâneo

O mediterrâneo é uma região localizada entre a Europa e o norte da África. O clima por lá se assemelha ao que estamos acostumados por aqui.

Enquanto o verão mediterrânico costuma ser bem quente, o inverno é mais ameno. As chuvas ocorrem de forma intensa e em maior quantidade no outono e inverno.

Aqui, nós costumamos ter um verão com temperaturas altas e um inverno, que apesar de alguns picos de frio, é mais tranquilo se comparado com outras cidades catarinenses.

Paixão por cerveja

Guinness, Duvel, Delirium Tremens e Paulaner são apenas algumas das grandes cervejarias europeias que fazem sucesso no mundo todo, mas começaram como pequenas produtoras artesanais.

O povo jaraguaense tem um verdadeiro amor por cerveja e, além de consumir, também gosta de produzir a bebida artesanalmente.

A Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul deu início a uma conversa para transformar nossa cidade em um polo cervejeiro tamanho o potencial que temos por aqui. Legal, não é?

Ah, em novembro tem início mais uma Schützenfest, que será regada por muita cerveja. Confira aqui os detalhes da edição deste ano.

Educação acima da média

As escolas e os alunos de Jaraguá do Sul estão sempre em destaque nos rankings e nas competições de educação. Recentemente, duas unidades escolares daqui levaram ouro e prata na Olimpíada Internacional de Matemática.

A última pesquisa do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica, Ideb, revelou que nosso município aumentou os indicadores e manteve evolução nas salas de aula.

E o melhor é que os números da boa educação só tendem a melhora com iniciativas como a adoção do ensino integral. Uma escola jaraguaense está entre unidades aptas à adesão ao ensino médio integral em 2018. Saiba mais.

Segurança e tranquilidade

Em junho, Jaraguá do Sul foi considerada a cidade mais pacifica do Brasil. O ranking considerou os números de homicídios e mortes violentas com causa indeterminada nas cidades com mais de 100 mil habitantes em 2015.

Quem viaja para fora sempre destaca a tranquilidade e a sensação de segurança dos países europeus. Se a gente pensar bem, não é dificil se sentir assim por aqui também, não é?

O título de cidade mais pacifica do Brasil chamou a atenção da mídia nacional e a produção do programa “Domingo Espetacular” da Record esteve por aqui para gravar uma reportagem sobre o tema. Veja só:

Estes são apenas alguns dos motivos que nos levam a crer que realmente vivemos em um pedacinho da Europa por aqui! E aí, você concorda com a nossa lista? Conta pra gente nos comentários da publicação no Facebook! 😉

Foto destaque: Isabela Flores