Por: Gabrielle Figueiredo | 02/05/2016

Quando o assunto é gripe, a lista de soluções que prometem milagres é extensa. Além disso, há também a ideia que determinadas atitudes podem piorar ou até contribuir para que você fique gripado.

Mas disso tudo, o que é verdade ou mito? Confira abaixo alguns esclarecimentos:

Gripe é uma coisa, resfriado é outra

VERDADE: ambos são infecções das vias respiratórias, porém a gripe só é causada pelos vírus A e B (influenza), enquanto os resfriados são provocados por centenas de vírus.

Outra diferença diz respeito aos sintomas: no segundo caso, são sempre mais leves, com tosse, irritação na garganta, coriza, obstrução nasal e às vezes febre e dor de cabeça, com intensidade moderada e recuperação rápida.

Já a gripe apresenta os mesmos sinais só que com mais gravidade; a febre, por exemplo, oscila entre 38ºC a 40ºC, além da conhecida dor no corpo. A duração também é muito maior: de três a 21 dias.

Tomar friagem, andar descalço, sair com o cabelo molhado ou ficar no ar-condicionado pode agravar a gripe?

ar-condicionado-saude

MITO: O que causa gripe é o vírus, não o frio. O aumento dos casos no inverno deve-se à maior aglomeração de pessoas em ambientes fechados, o que faz com que o vírus se espalhe com mais facilidade.

O ar-condicionado pode ressecar as vias respiratórias, mas não irá fazer a doença piorar nem melhorar. Se o paciente já estiver acostumado a dormir com o ar, por exemplo, não é necessário mudar a rotina.

Suplementos de vitamina C ajudam na prevenção da gripe

vitamina c

MITO: De fato, o poder antioxidante da vitamina C evita que os radicais livres ataquem as células de defesa. Mas o organismo só consegue absorver 100 miligramas da vitamina por dia, e essa quantidade é facilmente obtida pelos alimentos. O uso de suplementos é necessário apenas quando há deficiência. O excesso é eliminado pela urina.

Beber muita água contribui para melhorar o quadro

beber água gripe

VERDADE: sintomas como tosse seca ou com secreção, coriza e nariz entupido, por exemplo, melhoram com a ingestão de água. Além de ajudar a umedecer as secreções para que sejam expelidas, o hábito também auxilia no controle da febre, já que ela sobe com a perda de líquido pela transpiração. Vale tomar água e também sucos e chás.

O alho é eficaz no combate à gripe

alho gripe

VERDADE: ele não cura a gripe, mas tem elementos como a alicina, de ação anti-inflamatória e antibacteriana. Ele ajuda a manter o organismo forte para enfrentar a doença, mas não têm influência na evolução da doença.

Fontes: Creme RJ, UOL e M de Mulher