Por: João Marcos | 3 anos atrás

Startups estão realizando grandes mudanças na economia mundial, e podem acabar com algumas das coisas do cotidiano até 2020 – apenas cinco anos para vermos mudanças bastante significativas. É o que mostra o site TalkMarkets, que cita um estudo feito pelo YEC (Young Entrepreneur Council).

Seliguem só nessa lista de 5 coisas/produtos que, provavelmente perderão força até 2020:

1 – Sistema de táxi atual
O Uber, legal ou não, está fazendo uma grande revolução na forma que o transporte particular é contratado nas grandes cidades. E a tendência é que os táxis estejam cada vez mais integrados ao seu celular – como é o caso do aplicativo 99Taxis e Easy Taxi. Com carros autônomos, isso vai virar ainda mais tendência.

File illustration picture showing the logo of car-sharing service app Uber on a smartphone next to the picture of an official German taxi sign

Future, bitch!

2 – Correios
Quem manda carta hoje em dia? Os correios servirão apenas como empresa para gerenciar o envio de mercadorias compradas pela internet.

No more tretas

No more tretas

3 – Papel
Ele não vai desaparecer até 2020, mas deve perder bastante força. Muito do que é impresso hoje em dia será digitalizado.

silueta_al_completo-papel_vs_ebook-600x401

4 – Telefones residenciais
Já há bastante gente que vive apenas com seus celulares – que já ultrapassaram o número de linhas convencionais há bastante tempo.

To usando para ilustrar, mas eu bem que queria um desses em casa :(

To usando para ilustrar, mas eu bem que queria um desses em casa 🙁

5 – Planos de voz para celulares
Embora ainda pensemos nos celulares como celulares, a verdade é que eles estão cada vez mais funcionando apenas como computadores portáteis. Nos próximos anos, deveremos ver o término dos planos de voz, passando tudo para planos de dados.

Né.

Quer saber, na minha lista atual eu ainda incluiria os cinemas e a tv a cabo. Pensem bem, com Netflix e diversos outros sites de streamming online (além daquela pirataria marota que eu sei que você também acessa), quem ainda vai querer sair de casa para ir ao cinema?

E o mesmo vale para quem ainda paga por planos de TV caríssimos. Amigos, digitem no Google vertvonline.org e não esqueçam de me agradecer depois 😉 .