Por: João Marcos | 6 anos atrás

Nem nascido eu era, e esse filme me fascinou mesmo que tenha eu tenha assistido tanto tempo após seu lançamento.

Em 15 de março de 1972, começava, com uma première em Nova York, a trilogia Poderoso Chefão, uma das melhores histórias já contadas no cinema. Na época, o orçamento do filme contou com R$ 10,8 milhões, mas o filme arrecadou mais de R$ 415 milhões no mercado internacional depois de sua estreia.

Apesar da desconfiança do projeto com a apologia da “Máfia”, uma palavra que não podiam usar, Coppola começou a traduzir o livro de Mario Puzo (The Godfather) em imagens que combinavam o clima siciliano com a dinâmica implacável do capitalismo na sociedade americana do século 20.

Tendo um elenco com: Marlon Brando, Al Pacino, James Caan, Richard Conte, Robert Duvall, Sterling Hayden, Diane Keaton, Talia Shire, Richard Castellano, John Marley preocupação com boas atuações era o que menos preocupava.

Quem assistiu sabe da importância que ele teve na história do cinema e o quão agradável e fascinante foi a vida de Vito Corleone. Pra quem não assistiu vale a pena o confere. Segue uma das cenas que guardo até hoje na minha memória: