Por: Sistema Por Acaso | 2 anos atrás

Pernas fortes e coração saudável fazem a diferença na hora de correr, mas há outro fator importante que não pode ser deixado de lado: a força dos pulmões. Se a capacidade respiratória for limitada, o cansaço aparece mais cedo e a distância percorrida certamente será menor.

1307135371189

Então pra prestar atenção e melhorar um pouco mais nesse aspecto, listamos com o pessoal da Estação Personal Fit algumas dicas para melhorar o seu fôlego durante as corridas.

Confere aí:

Corra regularmente
A regularidade do exercício faz com que o corpo se acostume aos poucos com o esforço e consiga progredir. “Pessoas que não costumam praticar atividade física têm menos fôlego porque a sua atividade aeróbia é fraca e, por conta disso, a capacidade física é menor”, explica o técnico de atletismo Carlos Ventura, autor de livros de corrida, como Manual do Corredor (Ícone Editora). Por isso, procure estabelecer uma programação com horários certos.

Reduza a velocidade

corrida2

Pode ser que você esteja correndo em um ritmo mais rápido do que o seu corpo é capaz – aí não há fôlego que aguente. Carlos Ventura conta que o ritmo ideal do treino deve ser com frequências cardíacas baixas, de modo que todas as funções do organismo entrem em equilíbrio enquanto ele corre. “A capacidade respiratória pode ser melhorada com corridas longas e lentas porque promove uma hipertrofia cardíaca adequada”, conta o técnico de atletismo.

Intercale com caminhada
Treinar em séries de corrida e caminhada intercaladas permite uma maior percepção do esforço físico e um tempo para recuperar o fôlego. “Isso ajuda a adaptar o condicionamento físico e o desempenho para uma corrida contínua”, explica o consultor esportivo Paulo Pestana.

mulher-caminhada-tenis-treino-atividade-fisica-46914

Aos poucos, é possível aumentar o tempo da corrida e diminuir o de caminhada. Um profissional de atividade física poderá ajudá-lo a acompanhar essa evolução de acordo com o seu preparo físico.

Respire corretamente
Quanto mais ofegante você fica, mais a respiração deixa de ser automática. É preciso controlar o movimento de entrada e saída do ar para que não fique acelerado demais durante a corrida. “Costumo aconselhar os alunos com dificuldade de fôlego a fazer a respiração marcada por passos, ou seja, a cada três passos inspirando, faça os mesmos três passos expirando, até que isso seja feito naturalmente”, indica o educador físico Paulo Pestana. Também pode fazer diferença evitar respirar somente com a boca, que pode aumentar a sensação de cansaço.

Na Estação Personal Fit, os profissionais disponibilizam aulas de corridas planejadas semanalmente para seus alunos. Quem aí quer começar a praticar um novo esporte, ou melhorar seu rendimento?

Dê uma passadinha lá na academia para conhecer o pessoal – ou então vai lá e aproveita pra fazer uma aula teste gratuita, é garantido que não irá se arrepender ;) .

O telefone para contato de lá é o 3373-8848 ou então 9193-8121.