Por: Gabriela Bubniak | 18/05/2016

O torcedor do futsal jaraguaense é considerado um apaixonado pela modalidade. E olha que não sou eu – uma torcedora apaixonada pelo time – quem diz isso. A gente ouve na TV, no rádio, lê nos jornais e na Internet.

Mas não é pra menos, né? O Jaraguá Futsal é o segundo maior campeão brasileiro da história. Quer mais? Nesses 23 anos de existência, o time chegou a superar o número de 50 títulos, conquistando desde competições regionais e estaduais até nacionais e internacionais.

Mas mesmo sendo um time de grande expressão nacional e repercussão internacional; mesmo que os melhores jogadores do mundo tenham passado por aqui – como Manoel Tobias, Falcão e Neto; mesmo sendo um time de garra e vontade, as coisas não andam muito bem para a equipe. 🙁

O torcedor jaraguaense, que deveria estar preocupado em torcer pela luta de mais títulos, agora sofre com as incertezas que vêm assolando o time. A parte financeira não está boa, os salários estão atrasados e faltam recursos para manter a equipe.

E os motivos para isso podem ser vários, mas o que realmente importa agora é seguir em frente. Ações têm sido realizadas para tentar levantar o time diante do seu torcedor e novos patrocinadores estão sendo buscados, inclusive pela diretoria e atletas do grupo.

E as dúvidas rolam: será que as coisas vão melhorar? Será que uma empresa vai “salvar a pátria” e entrar para a lista de patrocinadores? Nada se sabe, mas temos motivos de sobra para querer que o Jaraguá Futsal continue na ativa. Quer ver?

4 motivos para te convencer que o Jaraguá Futsal nunca pode acabar:

1 – A formação de novos atletas

É das equipes de base que saem os futuros atletas. Muitos destaques que estão mundo afora saíram da base jaraguaense. Um exemplo é o ala Dian Luka, de 25 anos. Ele começou muito jovem – em 2006 – no futsal jaraguaense e defendeu a camisa por quase 10 anos. Dian se destacou a ponto de ser convocado mais de uma vez para a Seleção Brasileira. E quer mais nomes? Éder, Daniel Rosa (hoje em Sorocaba), Leco e Junai (que estão em Joinville), Chico (já aposentado) e Leonardo (atuando em Portugal) são mais alguns que podem ser citados.

2 – O turismo do esporte

Já reparou que em jogos da Liga Nacional de Futsal (LNF) diversos clubes de todo o país viajam a Jaraguá do Sul para enfrentar nosso time? Esses jogos não só divulgam o nome de nossa cidade, muitas vezes as respectivas torcidas também vêm para cá. E quando acontecem os jogos internacionais, então… É visitante pra todo lado! 😀

3 – A movimentação da economia do município

Em 2015, segundo o presidente da equipe, Gerson Postai, a Arena chegou a reunir aproximadamente 60 mil pessoas. De acordo com o supervisor da equipe, Kleber Rangel, o retorno anual que o time gera para o município gira em torno de R$ 5 MILHÕES! É só pensar: o ano todo tem a questão de hospedagem de hotéis, restaurantes, impostos, placas publicitárias, passagens de ônibus, deslocamento à Arena, etc… Kleber ainda disse: “Tudo gera empregos e impostos. Hoje, a média de público por jogo é de 3 mil pessoas”. 😮

4 – O orgulho em ter uma equipe nos representando

Quem já foi à Arena em um jogo de final de campeonato conhece o sentimento. O coração bate forte, só de lembrar: a Arena Jaraguá cheia, torcida cantando em coro, o calor do momento e a emoção que toma conta de cada um. Os “quases”, as faltas, as grandes jogadas, os “olés”, os pênaltis… GOOOOOOLLL!!! Ter uma equipe em quadra por quem torcer, não tem preço. Perder o Jaraguá Futsal será abrir mão de um pedaço de nosso coração.

Mais alguém aí tem dúvidas da importância desse time para Jaraguá do Sul? 😀

De fato, o Jaraguá Futsal não pode parar!

Em 2015, além de conquistar o hepta na Taça Brasil de Clubes e o eneacampeonato Catarinense, a equipe foi vice-campeã do Sul Americano e do Jasc (Jogos Abertos de Santa Catarina), e chegou às quartas de final da Liga Nacional (LNF).

Esse ano também já teve comemoração: a grande vitória foi na Supercopa dos Campeões, quando o Jaraguá garantiu a vaga no Campeonato Sul-Americano de Clubes, mais conhecido como Copa Libertadores de Futsal.

O campeonato vai acontecer em Assunção, no Paraguai, e irá receber os jogos entre os dias 12 e 19 de junho. Além disso, os jaraguaenses estão atuando no Campeonato Catarinense e na Liga Nacional de Futsal 2016.

Lembremos como canta a torcida:

“Jaraguá, estaremos contigo, tu és minha paixão! Não importa o que digam, sempre estarei contigo…”