Por: Ricardo Daniel Treis | 16/09/2015

Segue artigo publicado pela Revista Época:

Chegou o dia que muita gente esperava. E outros tantos temiam. Mark Zuckerberg, CEO e fundador do Facebook, anunciou nesta terça-feira (15/09) que em breve a rede social contará também com o botão “não curti”.

“As pessoas têm pedido um botão de ‘não curti’ há muitos anos. Hoje é um dia especial, porque é o dia em que eu posso dizer que nós já estamos trabalhando nele”, afirmou Zuckerberg, durante uma rodada de perguntas e respostas na sede do Facebook.

Segundo o empreendedor, a rede social ainda não havia lançado seu botão “não curti”, porque não queria que o Facebook se assemelhasse ao estilo do Reddit, em que uma postagem pode ganhar mais ou menos destaque, de acordo com a opinião positiva ou negativa sobre ela. “Não estamos no mundo para construir isso”, disse.

Mas, segundo o jovem bilionário, ele e o Facebook perceberam que os internautas não estão procurando uma maneira de votar negativamente nas postagens alheias, mas, sim, uma opção para expressar sentimentos que não sejam “curtir”.

Zuckerberg citou momentos como as notícias sobre a recente crise de refugiados ou mesmo posts sobre familiares que morreram. Os internautas não querem “curtir” essas postagens, mas neste momento, nós não temos outra alternativa.

“O que eles realmente querem é ter a capacidade de expressar empatia. Nem todos os momentos são bons momentos”, afirmou.

De acordo com Zuckerberg, o Facebook tem trabalhado no botão há um certo tempo e espera lançá-lo em breve. “É surpreendentemente complicado fazer uma interação simples.”